terça-feira, 11 de outubro de 2011

Ezra Pound - Num Espelho

Tradução: Mário Faustino

Oh face estranha aí no espelho!
Companheiro libertino, sagrado anfitrião,
Oh meu bufão varrido pela dor,
Que responder? Oh vós miríade
Que labutais, brincais, passais,
Zombais, desafiais, vos contrapondo!
Eu? Eu? Eu?
E vós?

Nenhum comentário:

Postar um comentário