sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O Hierofante - Oswald de Andrade

Não há possibilidade de viver
Com essa gente
Nem com nenhuma gente
A desconfiança te cercará como um escudo
Pinta o escaravelho
De vermelho
E tinge os rumos da madrugada
Virão de longe as multidões suspirosas
Escutar o bezerro plangente

Nenhum comentário:

Postar um comentário