quinta-feira, 17 de março de 2011

Naoto Hattori

As Vanguardas Européias foram movimentos artísticos dos períodos entre guerras do século passado que definiram e inauguraram a modernidade nas artes em geral. Esses movimentos lançaram novas concepções artísticas e revolucionárias e romperam com as estéticas precedentes de uma forma que nunca havia sido feito anteriormente.

Dentre seus movimentos, o Surrealismo que, se não foi o mais revolucionários deles, foi sem dúvidas o que menos sofreu o desgaste do tempo. Haja vista que hoje, 87 anos depois da publicação do Manifesto Surrealista escrito por André Breton, existe uma grande quantidade de artistas dos mais variados meios de expressão que ainda utilizam os principais preceitos do movimento, como a valorização do inconsciente em suas atividades criativas, por exemplo.

O japonês Naoto Hattori é um desses artistas contemporâneos que bebe nas fontes do surrealismo. Formado Design Gráfico em Tóquio e depois na School of Visual Arts de Nova York - o artista, que tem um estilo delirante e lisérgico, está fazendo o sucesso nos States, onde ganhou  prêmios por alguns de seus trabalhos publicados em revistas e participou de algumas exposições em galerias badaladas como a Roq la Rue, de Seattle e a Fuse Galery em NYC.

Algumas Imagens de Hattori:

Para ver e saber mais clique aqui. 


Um comentário:

  1. Acabo de conhecer esse trabalho excelente e estou feliz por isso! Cada dia mais me apaixono pelo surrealismo na perfeição da arte plástica e também da poesia, que é minha essência.

    ResponderExcluir