terça-feira, 3 de novembro de 2009

À Procura de Eric - 2009



“Quando as gaivotas seguem o barco dos pescadores, é porque pensam que sardinhas serão atiradas ao mar.”.

A frase enigmática acima foi dita pelo temperamental e genial atacante francês Eric Cantona, em entrevista na ocasião de suspensão de 9 meses depois de agredir um torcedor em um jogo entre o Manchester United, time que o craque defendia versus o pequeno Cristal Place em 1995.

Cantona foi um jogador tão talentoso quanto indisciplinado. Seu talento resultou na formação e na consolidação do Manchester United como um dos times mais vencedores do mundo, por outro lado seus problemas abreviaram sua carreira e reduziram suas participações na seleção francesa.

Sob a sombra desse ídolo imperfeito, o genial cineasta britânico Ken Loach em companhia do roteirista Paul Laverty criaram uma dos filmes mais bacanas dos últimos anos: A Procura de Eric (Looking for Eric – 2009).

O filme narra de maneira emocionante e cômica a história de Eric Bishop(Steve Evets, sensacional), um carteiro em crise dado a ataques de pânico. Por conta de um desses ataques no passado, o carteiro, abandona a mulher com uma filha recém-nascida. Tal atitude atormenta ainda Eric que agora, no presente, foi abandonado por sua segunda mulher e ficou com a guarda de dois enteados. Para ajudar a filha a se formar, Eric precisar entrar em contato com a ex-mulher e as antigas feridas serão reabertas mudando a vida de todos os envolvidos.

Como na filmografia de Loach há todo um elemento social e o drama família, mas o diretor deixa um pouco de lado sua estética ultra-realista e abre espaço para aspectos mais delirantes. E é exatamente nesse espaço surrealista que entra Eric Cantona. Bishop torce pelos “red devils” e tem no jogador francês uma idolatria descomunal e quando se sente pressionado pela falta de comando em sua casa, a falta de comunicação com seus filhos, à possibilidade de reencontrar sua primeira esposa e o mau rendimento no trabalho, rouba um pouco de maconha de um de seus filhos e nessas “viagens” o atacante aparece para bater um papo com o carteiro e lhe dar alguns conselhos divertidos e misteriosos.

Um filme para quem gosta de futebol e de cinema, não necessariamente nessa ordem.

O filme entra em circuito comercial sexta-feira dia 06/11/2009, conforme a ascessoria de imprensa da Califórnia Filmes.

2 comentários:

  1. Adorei!Esse é um daqueles filmes que você começa assistindo com interesse,passa a sentir um entusiasmo no peito e quando sai do cinema,leva consigo uma sensação deliciosa de otimismo!Filmão!

    Meu amor,nossa sessão de domingo foi perfeita!

    Beijos entusiasmados e cheios de felicidade!

    ResponderExcluir
  2. Que coisa, hein San:

    No Sábado um filme que nos jogou pra baixo e no domingo esse, que nos fez sair bem leve do cinema. isso não é bárbaro? Pura Cartase!
    Feliz sou eu de ter do lado uma pessoa sensível e inteligente como a você que enriquece de forma sublime a minha experiência.

    Beijos sempre apaixonados para você, meu amor!

    ResponderExcluir