terça-feira, 12 de maio de 2009

Festival de Cannes 2009


A 62ª edição do Festival de Cannes começa amanhã dia 13 de maio e esta sendo chamada de "A Edição dos grandes cineastas", pela presença de Realizadores famosos e consagrados na disputa do prêmio principal do festival, a Palma de Ouro.

Pedro Almodóvar vai tentar levar o prêmio inédito em sua carreira com seu novo filme “Los abraços rotos" e quebrar um hiato de 48 anos da última vez que um cineasta espanhol venceu o prêmio. Luis Buñuel em 1961 com o filme "Viridiana”.

O veterano Alain Resnais, um dos expoentes da Novelle Vague, também está na disputa com o seu "Lhes herbes folles". Outros quatro cineastas já laureados com a palma de ouro em outras ocasiões também estão na mostra oficial: o inglês Ken Loach (2006 com Ventos da Liberdade) com o filme "Looking for Eric", o americano Quentim Tarantino (1994 com Pulp Fiction) com "Inglorious Bastards", a neozelandesa Jane Campion (1993 com O piano) com "Brigth Star" e Lars Von Trier (2000 Dançando no Escuro) com o seu Antichrist.

Também estão na mostra oficial o austríaco Michael Haneke com (Das Weisse Band), o italiano Marco Bellocchio com (Vincere), o taiwanês Ang Lee (Taking Woodstock), o chinês Lou Ye (Spring Fever) e o diretor de Hong Kong Johnnie To. (Vengeance) e por fim (Enter the void), do Bad Boy Gaspar Noe.

O Cinema brasileiro será representado por À Deriva, terceiro longa-metragem de Heitor Dhalia, na mostra Um Certo Olhar.

A Palma de Ouro será anunciada no dia 24 de maio pelo júri presidido pela atriz francesa Isabelle Huppert e integrado, entre outras personalidades do cinema, pelas atrizes italiana Asia Argento (delicia) e americana Robin Wright-Penn e os cineastas turco Nuri Bilge Ceylan e americano James Gray.


A lista de filmes da seleção oficial do 62º Festival de Cannes é a seguinte:

EM COMPETIÇÃO:

- "Los abraços rotos", de Pedro Almodóvar.

- "Fish Tank", de Andrea Arnold.

- "Um prophète", de Jacques Audiard.

- "Vincere", de Marco Bellocchio.

- "Bright Star", de Jane Campion.

- "Map of the sounds of Tokyo", de Isabel Coixet.

- "A l'origine", de Xavier Giannoli.

- "Das Weisse Band", de Michael Haneke.

- "Taking Woodstock", de Ang Lee.

- "Looking for Eric", de Ken Loach.

- "Chun feng chen zui de ye wan", de Lou Ye.

- "Kinatay", de Brillante Mendoza.

- "Enter the void", de Gaspar Noe.

- "Bak-Jwi", de Park Chan-wook.

- "Lhes herbes folles", de Alain Resnais.

- "The time that remains", de Elia Suleiman.

- "Inglourious basterds", de Quentin Tarantino.

- "Vengeance", de Johnnie To.

- "Visage", de Tsai Ming-liang.

- "Antichrist", de Lars Von Trier.

FORA DE COMPETIÇÃO:.

- "Agora", de Alejandro Amenabar.

- "The imaginarium of Dr.Parnassus", de Terry Gilliam.

- "L'armée du crime", de Robert Guédiguian.

SESSÕES DE MEIA-NOITE:

- "A town called panic", de Stéphane Aubier e Vincent Patar.
- "Drag me to hell", de Sam Raimi.
- "Ne te retourne pas", de Marina de Van.

SESSÕES ESPECIAIS:

- "My Neighbor, my killer", de Anne Aghion.
- "Manila", de Adolfo Alix Jr. e Raia Martin.
- "Min ye", de Soulymane Cisse.
- "L'epine dans lhe coeur", de Michel Gondry.
- "Petition", de Zhao Liang.
- "Kalat hayam", de Keren Yedaya

Nenhum comentário:

Postar um comentário