terça-feira, 28 de abril de 2009

Marc Chagall


Marc Chagall nasceu em Vitebsk, Bielorrússia em 1887. Foi ceramista, gravurista e pintor, sendo que nessa última atividade, consagrou-se com um dos maiores do mundo de sua época.

Chagall viu de perto o resultado de toda infervecência politica, bélica e social que o século XX produziu. A revolução bolchevique, duas guerras mundiais e o e a perseguição semita( ele era judeu praticante), e mesmo assim, optou por não fazer uma arte de cataclismos e desesperos. Suas pinturas eram luminosas cheia de cores brilhantes. povoadas por anjos e casais e são cheias de esperança.

Viveu em Paris de 1910 a 1914 ficou maravilhado com as cores da cidades e tomou contato e foi influenciado pela vanguarda, principalmente pelo Fauvismo e suas cores alegres, e o cubismo no que diz respeito à geometrização das formas, mas seu estilo era pessoal e original, imaginativo e irrealista, da forma que as leis da gravidade e do espaço-tempo não se aplicam em seus quadros.

Na I Guerra, foi nomeado Comissário das Artes de Vitebsk, lá permanecendo até 1922, quando decide voltar a França, começa a fazer ilustrações como as fábulas de La Fontaine e Almas Mortas de Gogol. Em 1941 refugia-se nos EUA fugindo da perseguição nazista. Retorna definitivamente à França em 1947, instalando-se no sul do país, em Saint-Paul de Vence, onde ficou até sua morte em 1985.

Chagall foi um dos percursores do surrealismo. E apesar de nunca ter aderido ao movimento, seu nome sempre aparece associado com um de seus mais notáveis representantes.
O pintor repudiava a doutrina do automatismo subconsciente na expressão pictórica, vertente liderada por Miró,mas se aproximava aos surrealistas que exaltavam o sonho, o misterioso e o inconsciente, vertente de Magritte e Dalí.




Russian Village under the Moon, 1911




The Poet with the Birds - 1911




The Betrothed - 1911




Calvary, 1912




Homage to Apollinare, 1911 -12





The Soldier Drink 1911- 12



The Flying Carriage, 1913



Paris Through the Window - 1913



Birthday - 1915



Lovers in Gray, 1916



Summer-House Window. 1917



Gogol 1917



The Promenade, 1917



Above the Town. 1914 - 1918



The Vision 1924-25



Peasant Life (La Vie paysanne), 1925


The Three Acrobats, 1926


The Woman and the Roses - 1929



The Woman and the Roses - 1929

Nude over Vitebsk, 1933


White Crucifixion, 1938

Madonna of the Village, 1938-1942

Songe d'une Nuit d'Eté, 1939


The Bride and Groom of the Eiffel Tower, 1938-1939



The Three Candles, 1938-1940



Green Lanscape, 1949


Evening at the Window, 1950


The Goat and the Flowers - 1950



The Blue Circus - 1950



The War, 1964-66



Self-portrait, 1959-1968



The Parting of the Red Sea, 1966



Circus in the Village, 1969

The Painter and His Wife, 1969


Eve, 1972


The Sun of Paris, 1975



The Dream, 1978



The Grand Parade, 1979-1980

7 comentários:

  1. Traços fortes, cores bem vivas... eu não conhecia muito de chagall... terei a oportunidade de a preciar um pouco de suas obras em uma exposição em BH, MG.

    ResponderExcluir
  2. Aproveite, Aninha, trata-se do mais poéticos dos pintores de todos os tempos!


    É uma pena que essa exposição não virá para São Paulo. Só passará por MG e pelo Rio.

    Chagall é um dos meus pintores favoritos!

    ResponderExcluir
  3. I and the Village ???
    queria informaçoes sobre essa obra e em geral sobre as primeiras pinturas, ficaria grata pela ajuda !

    ResponderExcluir
  4. O quando “I and Village” foi pintado em 1911 e é um dos mais conhecidos de Chagall. Esteticamente apresenta formas geométricas em sua composição, o que mostra a influência cubista que o pintor sofreu, como no usa das cores fortes herdadas do fauvistas.
    Tematicamente é um quadro bem característico ao seu estilo, suas lembranças de seu povoado em Vitebsk tomam uma dimensão fantástica e mágica onde a realidade não tem grande importância.
    O quadro faz parte do acervo do MOMA –Museum of Modern Art de Nova York.

    Espero ter ajudado, Sra. anônima.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog...
    passei por aqui...trazida por Chagall
    Beijo
    Leca

    ResponderExcluir