terça-feira, 24 de março de 2009

Quem Quer Ser Um Milionário? 2008



Jamal Malik está a uma pergunta de ganhar 20 milhões de Rúpias. Como ele conseguiu?"
A: Ele trapaceou
B: Ele é sortudo
C: Ele é BOM
D: Está escrito

Com essas quatro perguntas tal qual em um programa de TV de perguntas e respostas, começa o filme "Quem Quer Ser Um Milionário" Slumdog Millionaire do versátil diretor inglês Danny Boyle e baseado no romance Q & A", de Vikas Swarup.

No filme, acompanhamos a história de Jamal Malik, um rapaz de 18 anos, analfabeto e que trabalha servindo chá. O jovem está participando de um programa ao estilo do" Show do Milhão" e contrariando todas as expectativas, está indo muito bem. O apresentador do programa tem dúvidas quanto à sua capacidade e acha que Jamal está trapaceando. Chama a polícia para dar uma prensa no rapaz, nesse momento, por meio de Flash Backs entre o interrogatório, vamos conhecendo a vida do rapaz e como ele sabia cada resposta de cada pergunta.

Nos Flash Backs vemos Jamal junto ao seu irmão Salim, tentando sobreviver em uma Mombai miserável e caótica, ao meio de conflitos religiosos, exploração infantil e prostituição. E sua trajetória romântica para ficar com Latika, sua paixão desde criança.

O roteiro adaptado de Simon Beaufoy que vai da crítica social leve ao romance agridoce, nas mãos de outro diretor tenderia ao drama, mas na mão de Boyle fica leve e divertido. O filme ainda possui uma trilha sonora exótica e competente, uma montagem dinâmica e ágil e uma edição brilhante que mantém o ritmo e não confundem o telespectador mesmo com a fragmentação da narrativa.

O filme está longe de ser uma obra-prima do cinema, mas tem seu charme, tanto na tela como fora. Ou você não acha divertido um filme feito com apenas US$ 15 Milhões, filmado na Índia, sem nenhum ator conhecido ganhar uma cacetada de prêmios e faturar uma grana boa? Eu acho hilário.

Respondendo a pergunta que é o nome do filme, Eu quero ser milionário. E pode ser em Rúpias mesmo.

2 comentários:

  1. Eu adorei o filme!!!Jai Ho!!!
    É muito interessante a realidade não Global da Índia!Só o final,cafonéeeerrimo é decepcionante...aquela coreografia à Britney....eca!rsrsrsrs
    Mas até isso é divertido...

    ResponderExcluir
  2. Oi Games,

    Realmente o final é meio breguinha, mas acredito que foi intencional, justamente para homenagear as produções cinematográficas da Bollywood, a Hollywood indiana.

    Beijos

    ResponderExcluir