quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

O Roqueiro

Faz12 anos que diretor inglês Peter Cattaneo apareceu para o cinema mundial com o excepcional "Ou Tudo ou Nada", mostrando um talento para comédia com toques dramáticos raros na sétima arte ultimamente.

Ontem assisti o seu filme mais recente "O Roqueiro', para ver se aquela verve cômica reapareceria, pois seus último filmes foram lamentáveis, mas o que vi foi aquele tipo de comédia grosseira que insiste no humor físico e constrangedor e cheio de caretas, que vemos em 9 de 10 comédias americanas.

Lançando mão de velhas fórmulas, o filme mostra Fish, um baterista, o ator Rannin Wilson (uma espécie de Jack Black, só que engraçado), que fez parte de uma banda agora famosa (The Vesuvius), e foi traído por seus parceiros, que colocam o sobrinho do dono da gravadora no seu lugar, o jogando no limbo do esquecimento. Hoje ele é um cara frustrado e imaturo que não consegue superar esse fato.

Ele tem a chance de dar a volta por cima participando de uma nova banda cujo tecladista é seu sobrinho, um Nerd clássico. A partir dai, uma sucessão de lugares comum acompanham o desenvolvimento do filme: O Empresário inescrupuloso da banda faz uma fofoca e tira Fish da banda, ele amadurece nessa separação,  volta e faz o show redentor no final.

É impressionante a falta de imaginação dos produtores de cinema americanos ao caracterizar adolescentes em filmes. Ou o cara é o nerd, ou cara é rebelde ou é o atleta. Caramba, e as pessoas normais, estão onde?

A nova banda de Fish poderia ser "classificada" como uma emo-core da pior qualidade. Isso é outra coisa alarmante nos filmes americanos sobre bandas de rock, eles não se dão ao trabalho de pesquisarem e fazer uma coisa mais verossímil e convincente.

Bom Catanneo, não foi dessa vez....esperava ver comédia fina com toques dramáticos e vi uma comédia grosseira com sentimentalismo exagerado.

Um comentário:

  1. Rsrsrs...amor,acabamos de assistir a esse filme na TV e consegui dar algumas risadas.Coube bem no que estava precisando...comedinha boba,para ver sem precisar pensar,sabe?Só para relaxar depois de um dia de estresse...rsrs.Ao menos serviu para isso,né?
    Gostei da sua comparação do ator com o Jack Black...rsrsrsrs...boooa!Ponto para você,amor!

    Beijos melados de filminho adolescente!

    ResponderExcluir