sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Arte Subversiva

Banksy é um artista de rua (eufemismo para grafiteiro) inglês, cuja identidade é desconhecida, mas isso não é importante, pois sua pintura tem identidade própria e originalidade de sobra.

Principal expoente de um movimento que vem levando a arte das ruas para as galerias, Banksy começou pintar em sua cidade natal, Bristol, Inglaterra. Com a fama migrou para locais mais inusitados como o muro que separa Israel da Cisjordânia (o bombástico desenho da empregada varrendo a sujeira para dentro da parede); um monumento Russo; Disneylândia; ou um muro qualquer em Berlim ou Nova Iorque. Museus famosos como o Louvre, o Tate, o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque apresentam seus trabalhos.


Provocativo e anárquico, Banksy já foi chamado de “versão punk de Marcel Duchamp" e nota-se influências da pop Art pela crítica ao consumismo e jeito que brinca com as figuras das culturas de massas em seus desenhos. O grafiteiro já teve trabalhos vendidos por até US$ 500 mil!

Sua obra é carregada de críticas nas camadas sociais e políticas, que a princípio, provocam um riso em quem o observa e depois uma reflexão mais aprofundada. Vemos essas características, por exemplo, nos grafites em que um soldado esta sendo revistado pela menininha, o guerrilheiro que joga um buquê de flores ao invés de uma bomba.





Mas aquela que lhe é mais representativa é aquela em que uma garotinha vietnamita nua chorando vem sendo acompanhada da figura do Ronald McDonald e do Mickey Mouse sorrindo e de mãos dadas os três. Se uma imagem vale que mais que mil palavras, essa certamente vale milhões.



Sua grande qualidade é pegar uma expressão popular e subversiva como a grafite e a transforma em arte sem o maneirismo e as polpas acadêmicas, outra herança da pop art.

Palmas para Banksy!


Mais imagens de Banksy:



Para ver mais: http://www.banksy.co.uk/

3 comentários:

  1. Ele fez a capa do último Blur, "Think Tank".

    ResponderExcluir
  2. muito interessante! Eu não o conhecia.

    ResponderExcluir
  3. Nossa...quantas imagens fortes!E maravilhosas!

    Viva Banksy!

    ResponderExcluir