domingo, 25 de janeiro de 2009

Confiança - 1990

Confiança


O cinema independente, como sugere o nome, é um modelo de cinema que se posiciona fora do convencional, do estabelecido, o que teoricamente lhe conferirá uma liberdade para confecção dos filmes tanto na forma quanto no conteúdo.
O cinema de autor foi um termo cunhado para atestar a máxima autoria de um diretor sobre um filme.
Ninguém no cinema americano moderno se encaixa tão bem nas definições acima como Hal Hartley.

Ele já foi comparado a Jean-Luc Godard, e têm na bagagem alguns dos melhores filmes dos últimos 20 anos, o qual o principal foi Confiança (Trust) de 1990 com Martin Donovan, grande colaborador do diretor, e Adrienne Shelly no papeis principais.

O filme retrata o relacionamento nada convencional de um rapaz com um temperamento explosivo e violento Matthew(Donovan) e uma pós-adolescente grávida e ingênua Maria(Shelly), que ao contar para seus pais sua situação acaba provocando um enfarto fulminante no pai, o que a enche de culpa.

A trama em si não diz nada de novo, muitos cineastas já contaram sobre personagens outsiders, fora do amercian way of live e suas desilusões, mas a abordagem de Hartley e extremamente original ao insistir em uma interpretação antinatural e exaltando a banalidade existencial das personagens suburbanas do filme.

O tempo parece amarrado e as personagens mal conseguem se comunicar. Os diálogos (que são o que há de melhor no filme), começam de forma desorganizada, sobre efemeridades que mais parecem mais uma competição entre os debatedores. Parecem que não vão dar em lugar nenhum, quando de repente, como um insight nasce uma revelação, com quase sempre com um viés filosófico, que provoca em quem está assistindo a reflexão e quase sempre leva a um sorriso. Não aquele sorriso de alegria de contentamento, mas aquele nervoso, no canto da boca pela estranheza por vemos o quanto nossa vida é pontuada por momentos sem sentido, mas juntando todos esses pontos, às vezes, conseguimos encontrar uma resposta.

Confiança é Cinema com “C” maiúsculo.
P.S.: A atriz Adrianne Shelly que viria a ser tornar um diretora promissora dirigindo o notável" A Garçonete" em 2007 foi assassinada em 2006 vítima de um assalto em seu escritório aos 40 anos.

Trust – Ing/Usa - 1990 - Diretor:Hal HartleyElenco: Adrienne Shely, Martin Donovan, Merrit Nelson, John Mackay, Edie Falco, Gary Sauer, Matt Malloy, Suzanne Costollos.

Abaixo uma das melhores cenas do filme, infelizmente legendada em espanhol, mas da para entender bem.

2 comentários:

  1. onde encontro pra assistir online?? (confiança)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sara,
      Aqui: http://sonatapremieres.blogspot.com.br/search?q=hal+hartley , você encontra esse e outros filmes deste grande diretor.
      Abraços

      Excluir